Portugal “precisa desesperadamente” de imigrantes para suprir a falta de mão de obra

O responsável do Observatório da Emigração defendeu hoje que Portugal “precisa desesperadamente” de imigrantes e, para solucionar o problema de falta de mão de obra, deverá facilitar a entrada de estrangeiros e fazer campanhas de recrutamento e contratação no exterior.

Via Sic Notícias.

Para o também sociólogo Rui Pena Pires, o problema demográfico que Portugal e a Europa enfrentam de falta de mão de obra em alguns setores só se resolve com mais imigração. Um caminho que tem de ser feito rapidamente sob pena de se não o fizerem estarem a caminhar para “o suicídio”, alertou.

“É um tema hoje complicado de gerir, face aos movimentos nacionalistas que estão a nascer um pouco por toda a Europa, mas se não tiverem mais imigrantes, Portugal e a Europa estão a suicidar-se”, afirmou, em declarações à Lusa.

O país “precisa desesperadamente de imigrantes” e passa “demasiado tempo a falar dos problemas da natalidade”, considerou.

Porém, Pena Pires defendeu que é necessário “criar condições para que os pais possam cuidar dos seus filhos”, sendo certo de que não será através de políticas para a natalidade que se vai resolver de imediato um problema de falta de mão de obra já existente em muitos setores.

“As dinâmicas demográficas da natalidade e da mortalidade não têm consequências a curto prazo”, frisou.

Para atrair imigrantes, o país precisa, segundo o professor e sociólogo, de colocar menos obstáculos à entrada de estrangeiros, mas também de “ter políticas ativas de recrutamento lá fora”.

Considerando os problemas atuais que os países enfrentam, de movimentos nacionalistas face a grandes fluxos de imigração, Pena Pires aponta exemplos positivos do Canadá e da Austrália. “Têm um peso de 30% da imigração com grande estabilidade e viáveis em todos os aspetos. São países prósperos e pacíficos”.

Na opinião de Vítor Antunes, diretor executivo da Manpower, responsável pelo recrutamento para trabalho temporário, e uma das mais antigas a operar no mercado português nesta área, Portugal precisa “de mão de obra, em geral, e de talentos”.
Para combater o problema tem de o fazer, “não só pela via do regresso de alguns emigrantes, mas também pela via da imigração”, considerou.

Os perfis especializados, ou seja, eletricistas, soldadores, mecânicos, e os técnicos, como motoristas, engenheiros, informáticos, professores, pessoas para as áreas de apoio ao cliente, advogados e investigadores, gestores de projeto e alguns administrativos, são as classes profissionais com mais escassez de recursos humanos, relatou.

Shutterstock- Portfólio de Rawpixel.com

Informação sustentada por um estudo que a Manpower lançou recentemente, o “Talent Shortage Survey”, que indica que 46% das empresas nacionais revelaram dificuldades acima da média para recrutar o talento certo para o que precisavam, o maior aumento desde 2016, e 35% admitiu que os candidatos não têm as competências necessárias para os lugares, “o que tem vindo a dificultar o processo de recrutamento e seleção”.

O ‘ranking’ dos perfis mais procurados, segundo o mesmo documento, é liderado pelos profissionais especializados e técnicos, motoristas e engenheiros.

“São profissões que estão em constante mutação e cujo desempenho obriga a alguns conhecimentos técnicos e também tecnológicos”, disse Vitor Antunes.

O empresário António Mota, dono da Mota-Engil, empresa com negócios em vários países no setor da construção, um dos afetados pela falta de mão de obra, prevê que se o desenvolvimento em Portugal continuar a verificar-se, o país vai “precisar de mão de obra semiespecializada e especializada”.

“Portugal precisa de muita mão de obra e precisa que regressem os seus quadros que emigraram”, defendeu o empresário.
Para o setor da construção, “falta pessoal e está-se a importar mão de obra de várias origens”, afirmou.

Segundo Pena Pires, “Portugal tem de ter outra política de entradas. Porque o país (…) precisa de imigração regular”.
“Para isso temos de colocar menos obstáculos aos processos de entradas, mas também de tomar a iniciativa de fazer recrutamento em vários países”, considerou.

“Os imigrantes do espaço lusófono têm sempre uma vantagem que é a da língua, que facilita em muito a integração”, mas há outras origens onde Portugal hoje pode recrutar, concluiu o sociólogo.

Lusa

Fonte: SIC

22 Comentários

  1. Cleber

    Bom dia, gostaria de saber quais os passos para me candidatar a uma vaga de trabalho em Portugal? Sou casado, tenho 33 anos, sou técnico em eletrotécnica e tenho experiência comprovada em carteira. Obrigado.

    Responder
    1. Administrador Autor

      Cadastre-se na página principal deste site

      Responder
  2. Monica christina m s. Moreno

    Sou tecnica em enfermagem e tenho interesse em estar ai a ovupar um cargo,é possivel?

    Responder
  3. Lúcia de Fátima Schroeder

    Olá bom dia… gostaria que se pudessem informar, qual área, cargo, ou especialidade exatamente estão precisando em Informática.
    E também como Terapeuta Ocupacional. Ou trabalho na área de festas confecção de forminhas de tecido para doces, Artesanato. Muito grata,

    Responder
  4. Claudemir Borges

    Sou motorista de caminhão não com muita experiência comprovada com o curso de coletivo e MOPP mas gostaria de saber sobre a existência e sobre a facilitação sobre o trabalho Desde já agradeço

    Responder
  5. Ademar Chaves

    Olá!
    Sou professor de língua Poetugues c Pós-graduação em gramática, tbém spu técnico em Contabilidade e técnico em transações imobiliarias.
    Como faço para me candidatar a vagas nessas áreas??
    Obg.

    Responder
  6. Marcio Rogerio de souza

    Sou técnico em enfermagem gostaria de trabalhar em Portugal. quais os trâmites para uma vaga?

    Responder
  7. Nabi Santos Silva

    Olá boa tarde! Sou camionista com 18 anos de experiência com trator reboque e gesticulado como faço para me candidatar a uma vaga poderia me informar

    Responder
  8. Jorge Luís Rocha Aragão

    Olá! Sou motorista profissional CNH AE com experiência em transporte de passageiros e de carga comprovada em CTPS! Gostaria de saber o passo a passo me candidatar a uma vaga de trabalho em Portugal!

    Responder
  9. lilian Defaveri

    Sou técnica em agropecuária e estou a disposição para fazer reproduzir, todos alimentos necessário, e introduzir alguns alimentos na alimentação dos portugueses.

    Responder
  10. Helliana

    Bom dia, Sou aposentada, contadora e administradora, gostaria De me candidatar a cargo na função de administração

    Responder
  11. eduardo rodrigues

    vagas para nível superior

    Responder
  12. Gleybia Gomes Ferreira

    Sou jornalista e formada em Marketing, porém com experiências em outras áreas, como me candidatar a vagas?

    Responder
  13. Benedito Bezerril Maia

    Olá Boa tarde, tenho interesse em trabalhar em Portugal sou Piloto de avião aposentado, com formação de Bacharel em Direito Possuo Habilidades na área de Elétrica residencial e mecânica de automóveis, possuo habilitação para dirigir qualquer tipo de veiculo com vasta experiências nas áreas mencionadas.
    Gostaria de saber para onde posso enviar meu curriculum viate.
    Obrigado

    Responder
  14. Jessyca Raissa da Silva Pereira

    Olá boa tarde! Sou formada em Administração de Empresas e tenho boa experiências profissionais. Gostaria de saber como faço para me candidatar nas vagas em Portugal.

    Responder
  15. Cassia Lima

    Olá boa tarde, gostaria de saber como faço pra me candidatar, pra vaga de cozinheira pois tenho muitos anos de experiência, em restaurantes e Estou corsando nível superior em gastronomia, tenho uma irmã que vive em Portugal a muitos anos, bom desde já agradeço muito obg.

    Responder
  16. Susanne Maia criar e inovar sempre

    Olá boa tarde,
    Sou Analista Administrativo de recuperação de credito e atuo no sistema financeiro jurídico. Formada em Processamentos de Dados, E Bacharel em Direito, com Pós Graduação em Direito Previdenciário, Analista de indicadores Operacionais e transformação para o Banco Digital, com idioma Inglês intermediário. Tenho interesse em trabalhar em instituições financeiras. Possuo experiência de mai de 20 anos nas áreas mencionadas.
    Gostaria de saber, para onde enviar meu curriculum vitae.Obrigado

    Responder
  17. Brenda Lopes

    Boa tarde, quero muito saber como faço pra me candidatar a uma vaga, nos setores de administração, como auxiliar Administrativo, com 05 anos de experiência, com empresa de seguros, como tbm auxiliar de Escritório, com 02 anos de Experiência, ou em Radiologia, onde tenho nível técnico Superior, agradeço por qual quer Oportunidade, muito obrigada.

    Responder
  18. Kátia de oliveira

    Boa tarde sou enfermeira e tenho interesse em trabalhar em Portugal.sou experiente em saúde pública.
    Como me candidato por favor

    Responder
  19. Relson diogo

    Sou profissional do desporto e experiência noutras áreas
    Sou de são Tomé
    O que posso fazer para mi canidatar para o emprego

    Responder
  20. Regina de souza marcelino

    Boa tarde sou tecnica de enfermagem ,e cuidadora possuo carteira de motorista e gostaria muito de ir morar e trabalhar em Portuga.
    O que posso fazer para me candidatar para o emprego.

    Responder
  21. Lucia Amaral

    Bom dia , trabalho como operadora de máquina de bordado e limpo o bordado trabalho desde 2012, gostaria de if morar ai em Portugal com a minha familia, tenho dupla cidadania polaca.
    Grata pela atenção.

    Responder

Deixe o seu pensamento

Categorias

Contato

Empregos em Portugal
Cascais, PT
contato@empregosemportugal.com

Nós enviamos para você

error: Content is protected !!